Month: maio 2012

Usei: Calça étnica











Legging: Aldo (6,50  €)  | Casaco: Renner | Top marrom: Zara (6,00 €)| Top rendado: Renner |
Sapatilha: Primark (£ 6,00) | Bolsa: Blanco | Colar: PinkBijoux

Legging: Aldo  (6,50  €) | Coat: Renner | Brown top: Zara (6,00 €) | Lace top: Renner |
Shoes: Primark (£ 6,00 ) | Bag: Blanco | Necklace: PinkBijoux



Fiz uma mini apresentação na aula de francês, valendo nota, claro. Mesmo sendo um curso de idiomas, ainda fico um tanto ansiosa antes e durante a apresentação. E foi tudo tão rápido que nem sei se falei tudo certinho. Queria saber se um dia vou conseguir ficar bem calma e tranquila antes de uma apresentação, não só por fora, mas por dentro também. E só para falar um pouquinho do “look”, consegui essa legging por um preço mais do que bom: promoção de leve 3 e pague 20 euros (R$ 16,50 reais cada). A sapatilha foi £6 libras (R$ 18,60 reais). Adoro esses achados! Boa quarta-feira para todos!


Today I thought it was Thursday already. And that’s all because my week started in a hurry and yesterday I felt like I had so many things to do. Today I had a presentation to do at my French classes. I still get nervous before all kinds of presentations and I wonder if one day I’ll be very cool not only outside, as I already try to be and appear to be, but also and specially in the inside. And let me tell you that these leggings was a really good deal. I got them in a promotion: 3 for 20 euros. And the shoes cost me £ 6 pounds! Have a nice Wednesday! 


.

De olho na




Já deu para perceber que peças assimétricas ganham cada vez mais espaço no mundo gringo. Começou com as saias mullets, mas agora também vemos em outras vestimentas. Pode causar estranhamento, mas eu gosto, principalmente com cores básicas para dar maior destaque na forma. Fica lindo e bem moderninho.

Asymmetric clothes. It started with the mullet skirts and now we can see the asymmetry in other vestments.  Weird or a beautiful geometry? I would totally wear this kind of asymmetry, specially with neutral color to bring more focus to the form. To me it’s beautiful!  





Saias. Amei a de couro. | Loved the leather skirt! 






Gostam? Usariam? | Did you like it? Would you wear it? 


.

Marisa X Zara: cobra

No início do ano, em janeiro, comprei uma calça com estampa de cobra na Zara (de Londres). Tinham duas cores: acinzentada e vermelha. A primeira que chamou a minha atenção foi a… tcharam… vermelha! Então foi a que arrematei.

Ontem dei uma passada na Marisa e o que encontro??? A calça com estampa de cobra, igualzinha no estilo, porém somente na cor acinzentada e com algumas diferenças em detalhes. Dêem uma olhada:





Agora a minha adquirida na Zara (Londres).





 

A diferença fica por conta do acabamento e da estampa. A  calça que provei na Marisa estava com alguns fios se soltando, então, se alguém se interessar pela calça, recomendo olhar com muito cuidado e tentar achar a mais perfeita que puderem ver. O tecido das duas também muda. O da Marisa, não tenho certeza, mas parecia ser poliéster e a da Zara é de viscose – mais macia. O zíper da Marisa é cinza e o da Zara é metálico. E o que também é visívell é a diferença na estampa. Prefiro a da Zara porque as manchas são mais espalhadas e mescladas e não tem perigo de ‘deformar’ o corpo. Dá para ver que na estampa da Marisa formam duas listras bem definidas ao longo das pernas, o que pode não ser um problema para quem é bem magrinha por inteiro. Eu não sou tão cheia de curvas, mas meu quadril é mais largo que as pernas, então as linhas acabam evidenciando bem isso (o que não  é muito legal). Olhem só:


 




 

Pode ser uma boa alternativa para quem é magrinha ou para quem não se importar com as listras seguindo a forma do corpo e que consigam uma calça no seu número com linhas de costura em ótimo estado (não esqueçam de olhar esse detalhe).


 

 

 

 
.

por trás da abertura do JK

Como muitos sabem, o shopping JK Iguatemi de São Paulo já estava comemorando a abertura de suas portas em Abril deste ano. Estava tudo programado, inclusive a vinda de celebridades internacionais e até promoções para a abertura de uma das lojas.

Mas o que aconteceu que o mês de Abril passou e tudo se calou? Ninguém mais falou da promoção de abertura da Topshop e nem que provou os macarons da Ladurée?

Vou resumir grotescamente, mas foi o seguinte: o(s) responsável (veis) pelo Shopping JK, antes de iniciar a construção do mesmo, se comprometeram com obras necessárias para que a abertura do shopping no local fosse viável; porém, a construção do shopping foi efetuada, mas as das obras do entorno não. Resultado: a prefeitura não autorizou sua abertura.

“Bem feito”! Tudo que pensei naquela hora. Por quê?

Antes de uma obra ser concretizada, existem várias etapas a serem pensadas, como o local.

Um hospital, uma escola, um shopping, um supermercado, um edifício residencial – tudo precisa ser pensado meticulosamente, principalmente o local da construção e as consequências desse novo empreendimento para o que está ao redor: o trânsito que será gerado, se vai precisar de mais pontos de ônibus no local, de mais semáforo, alargar as vias, construir ponte etc. Tudo tem uma consequência.

O problema do Shopping JK é que está implantado numa área já bem consolidada de São Paulo, ou seja, num local onde o trânsito já não suporta mais aumento da frota de carros (aliás, praticamente São Paulo inteira está assim) se as condições das vias continuassem as mesmas. Ou seja, obviamente que as medidas que precisavam ser adotadas eram mais do que necessárias para não causar mais caos na cidade.

Aí os donos do shopping quiseram dar uma de espertinhos e resolveram não fazer os ajustes mais que fundamentais no entorno e achavam que assim iam poder abrir o shopping, que iam lucrar horrores com a inauguração adiantada e que a prefeitura iria aceitar isso (ou se fazer de cega) e ponto final. Não iam ter gastos para alargar as ruas e iam acabar lucrando com tudo.

Na época que a prefeitura vedou a abertura eu fiquei muito feliz e esperançosa por pensar que a justiça estava sendo feita. Afinal, todos nós já sabemos o caos que já é andar pela cidade de São Paulo, imagina a gente ter que pagar mais por uma coisa que um empresário resolveu não cumprir? Mais propagação de trânsito, mais congestionamentos, diminuição do número de ônibus circulante, menor infraestrutura etc?

Mas qual foi a minha surpresa agora ao ler que “O prefeito Gilberto Kassab (PSD) decidiu autorizar a abertura do Shopping JK Iguatemi, na Vila Olímpia, zona sul da capital paulista, mesmo sem a conclusão das contrapartidas exigidas para mitigar o tráfego na região.”?

Esperança e felicidade foram por água abaixo. Se o órgão de maior autoridade deu carta branca para tamanha injustiça para a cidade, não sei mais como que São Paulo será daqui para frente. Estou realmente decepcionada.

I feel like a teddy bear




Fato número 1: Fiquei 2 meses sem comprar roupa, sapato ou produto de beleza! Aeeee!!!

Fact number 1: I spent 2 months without buying any clothes, shoes or beauty products! 





Fato número 2: Os meses de glória acabaram na Renner – blusa e calça acima.

Fact number 2: I could not avoid buying these new pants and blouse. 






E claro que já fui estrear! São duas peças bem básicas que logo me imaginei vestida passeando no parque, indo para a facul, num fim de semana na chácara (se eu tivesse uma para ir, rs!) e com diferentes combinações. Dica: quando você prova uma roupa e já consegue se imaginar andando com ela em lugares que costuma ir e de diferentes maneiras, é porque não tem erro e dá para comprar sem peso na consciência. E as minhas compras foram assim, levando o conforto em primeiro lugar e sabendo que ia usar MUITO. Também comprei a versão azul da blusa, cor que eu amo.

And of course I already tried them on! I could already picture myself wearing this outfit to go to the park. One tip: there will be no mistake buying clothes that you can easily picture yourself wearing them in many ways at many places. I also bought one blue version of this blouse. 





A blusa tem essa textura de ursinho da FOFO que fiquei o dia todo me sentindo uma ursa, haha! Amei a blusa, mas a calça ficou um pouco larga na cintura. Comprei o menor tamanho e no restante (quadril e pernas) ficou tudo bom. Nada que uma costura não resolva, mas admito que sempre me bate uma preguicinha na hora de fazer esses ajustes.

It’s so comfy! This texture makes me feel like a teddy bear, yeah. And I love this feeling. The pants would be nicer if it could be tighter around my waist. But that’s no problem, I can have it fix. 





Look básico para um dia gostoso e simples. A ’emoção’ ficou por conta da bolsa adquirida na feirinha de Londres (o vendedor é de Nepal e disse que era tudo de lá, acreditei). Sei que ela é bem exótica para muitas pessoas, mas eu adoro! Na hora que vi meus olhos ficaram apaixonados e não tive dúvidas que tinha que ser minha.

The surprise of this outfit sure is the bag – which I bought at Camden’s Market, London. I know it can be considered a little weird for some people, but I adore it! When I saw it, I knew it had to be mine! 





Também tenho que dar os créditos para o meu tênis super batido, usado milhões de vezes desde sua aquisição em 2008! Não preciso nem dizer que ele já anda sozinho por aí (e conheceu comigo a Europa, chique ele!). Amo, mas faz tempo que a Via Uno não faz um tênis assim, sem aqueles saltos bizarros que agora reinam na loja. Ai, Via Uno, faz de novo tênis metalizados e bonitinhos, de preferência com tachinhas, tá?

And I also must tell you that these silver sneakers are my favorite ones since 2008! They are very old and I use them almost all the time. They are comfy, cute and silver!  




Blouse and trousers: Renner | Bag: Camden Town, London | Sneakers: Via Uno (2008)

Blusão e calça: Renner | Bolsa: Camden Town, Londres | Tênis prata: Via Uno (2008)



.