Month: maio 2015

Dicas no E aí Beleza: camisetas no look

bia yzawa camiseta michael jackson

 

Hoje no “E aí Beleza” saiu o post sobre camisetas no look. Sou suspeita para falar, mas adoro não só o conforto de uma camiseta bem larguinha no corpo, mas também a originalidade por trás das estampas escolhidas de quem veste.

É possível até mesmo imaginar o quanto que a pessoa é legal (ou não, hahaha) – não é mesmo?

Essa foto foi do meu look Michael Jackson  – dia que fui ao show Thriller Live – sou muito fã desde criança e toda a produção foi pensada no MJ: blusa de paetês que remete a Billie Jean, calça de couro (ecológica) vermelha que lembra Thriller; além da camiseta Beat It. 

Quem mais for fã do Michael, por favor deixar nos comentários pra gente compartilhar esse amor <3

esmalte-it-girl-marina-ruy-barbosa-00

It Girl – esmalte lilás azulado da Marina Ruy Barbosa

Quem me acompanha no snapchat (@biayzawa) já viu que andei visitando uma perfumaria e não consegui sair de lá sem esse esmalte aqui: It Girl, coleção da Marina Ruy Barbosa para a marca Hits Speciallità.

Sempre acho que não preciso de mais esmaltes, mas essa cor me cativou por ser tão diferente: é lilás? Roxo? Azul? Uma mistura dessas três cores. Uma lindeza!

esmalte-it-girl-marina-ruy-barbosa-02

Sobre a textura, é um esmalte bem grosso e cobre bem logo na primeira camada. Não tive problemas para aplicar e não achei que demorou para secar também.

esmalte-it-girl-marina-ruy-barbosa-03

Depois que o esmalte seca, não perde muito o brilho não, viu? Isso é ótimo. Além disso tudo, esse também é 4 free:

“A nomenclatura sinaliza a ausência de DBP, tolueno, formaldeído e cânfora, ingredientes comumente presente em esmaltes, que segundo os médicos, têm altíssimo potencial alergênico. “Em geral, a alergia ocorre principalmente por causa do tolueno e do formaldeído”, explica Fernanda Tassara, dermatologista do Rio de Janeiro. O último, inclusive, tem o uso controlado na fabricação de cosméticos no Brasil. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) permite apenas 0,2% em produtos de beleza. “A substância pode causar irritação nos olhos, incluindo reação alérgica nas pálpebras – local mais comum de reação a esmaltes – e problemas respiratórios, além de ser cancerígeno”, completa. Você pode não ser alérgica a esmaltes, mas apresentar uma reação em alguma visita à manicure. Os primeiros sintomas são leve coceira nas pálpebras ou nos dedos, seguida de vermelhidão. Pode ser facilmente confundida com um breve ressecamento da pele. Se os sintomas persistirem, vale fazer uma visita ao dermatologista.”

Fonte: Hits Speciallità

esmalte-it-girl-marina-ruy-barbosa-01

Esmalte: Marina Ruy Barbosa, Hits | Cor: It Girl | Preço sugerido: R$ 3,70 a R$ 4,20

 

Não é lindo?

E aí Beleza: dicas de moda

Lá no “E aí Beleza” falei sobre:

como-usar-calça-branca-CAPA

Calça branca? Sim! 

E quem lembra que já falei que eu usaria calça branca aqui no blog?

inusitado-e-divertido-EAB-capa

Idéias inusitadas e divertidas no look

como-usar-tenis-branco

Inspirações para usar o tênis branco

como-usar-meia-calça-capa

Meia-calça para todos os gostos

 

Basta clicar nos links acima para ler as postagens completas =]

 

Bia por aí:
bloglovin-1instagram-2google-plus-4pinterest-3

look-camisa-que-vira-saia-biayzawa-03

Roupas que amo e a camisa-saia

look-camisa-que-vira-saia-biayzawa-02

 

No último post falei que estou num processo de desapego e confesso que os últimos dias tem sido bem reflexivos sobre minha relação com roupas. Ainda não terminei a faxina nos armários, mas já tenho muitos itens para doação.

O que tenho escolhido para vestir nos últimos dias reflete bem essa situação. O resultado? Estou selecionando roupas que  amo:

  • a boina é antiga e me lembra o começo da faculdade, época que estava muito animada com as aulas e era viciada em chapéus e boinas. Essa boina preta viu muitas aulas comigo – peça nostálgica.
  • a blusa é do ano passado, mas já virou xodó por causa dessa textura super macia. Ela é tão delícia que eu fico muito feliz quando a visto, sabe?
  • essa bota é linda e eu me sinto mais bonita quando estou com ela, ahaha – quem nunca?
look-camisa-que-vira-saia-biayzawa-01look-camisa-que-vira-saia-biayzawa-06look-camisa-que-vira-saia-biayzawa-03look-camisa-que-vira-saia-biayzawa-04look-camisa-que-vira-saia-biayzawa-05
Fotos do  Neto de Castro

 Blusa: 2014 (aqui) | Camisa: 2012 | Bota: antiga | Boina: antiga

Agora o detalhe do look vai para a saia que é, na verdade, uma camisa. Ou seja, usei uma camisa-saia. Comecei a produção querendo usar a bota e a blusa. Partindo a cor da blusa, quis usar uma saia com a mesma tonalidade, mas não tinha nenhuma no guarda-roupa. Aí me lembrei da ideia de vestir camisa como se fosse saia e adoreeei!

Isso me faz lembrar que a gente tem que re-inventar o modo como olhamos para as coisas, o que acaba sendo um ótimo meio para usar mais aquilo que já temos e de uma maneira tão diferente do comum que a sensação é de novidade, de sair fora da caixinha.

O único problema é que nas fotos a camisa ficou bem amassada, mas ao vivo não estava tão visível assim, viu? Mas de modo geral, esse exercício foi tão gostoso que espero fazer mais experimentações do tipo e compartilhar as idéias com vocês.

 

Bia por aí:
bloglovin-1instagram-2google-plus-4pinterest-3

Muita roupa para uma só pessoa

Ontem me deu uma aflição profunda. Queria tirar todas as roupas do armário e doar TUDO.

Parece que cansei do meu guarda-roupa. Percebi que tenho muitas peças sem uso e então veio essa vontade de fazer uma limpeza geral (mais uma vez) e ficar apenas com aquelas peças lindas de morrer e pelas quais sou muitíssimo apaixonada.

Problemas: isso não é nada fácil porque não dá para fazer isso assim, de uma hora para outra. Primeiro por motivos de espaço – haja lugar para deixar as roupas para doação, hein? Além disso, preciso de tempo pra organizar todas as peças nos seus lugares. E talvez não seja nem o tempo, mas é a falta de paciência para isso.

Mas eu comecei a limpeza. E parei aqui no computador para desabafar porque tudo o que uma pessoa organizada detesta é ver bagunça no próprio quarto, ainda mais perto da hora de dormir.

Tem vezes que sinto essas coisas e me dá “a louca”. Tenho a sensação de que tenho muita coisa, mas muita coisa acumulada há muito tempo. E o tanto de calça que resolvi desapegar dessa vez? Acho que tirei umas quinze do armário. Quinze! E isso porque sou uma só. Mas por que tinham quinze calças encostadas no guarda-roupa?

Primeiro que eu engordei, isso é um fato. Engordei rapidamente em apenas um ano e, juntamente com os quilinhos a mais, acabei perdendo a chance de usar várias peças. Mas eu não me desfiz porque achei que o peso a mais era só uma fase. Mas que nada… Já faz um ano e eu mantive o peso. As roupas não me servem mais e eu preciso desapegar. Mas tem umas calças tão lindas… Dá uma dor no coração ver que algumas nem cheguei a usar.

E aí juntou a aflição de querer ver o armário mais compacto junto com a raiva de não caber mais em algumas peças. Que sentimento horrível.

Queria muito ser minimalista e ter poucas peças no guarda-roupa, mas usá-las sempre. Queria tanto… Mas como pode isso ser possível? Como uma pessoa que ama roupas consegue viver com poucas roupas?

Fico pensando se essa vida minimalista seria para mim, se conseguiria viver assim para sempre. Não sei se duraria tanto tempo. Não sei se conseguiria me segurar ao ver uma estampa diferente, uma saia colorida exótica ou um lenço com bolinhas em azul royal.

Mas mesmo que a vida minimalista não se encaixe em mim nesse momento, vou usar essa vontade louca de desapegar de tudo para ao menos cortar esses exageros. Quero usar só aquilo que realmente amo demais, sem medo de estragar aquela blusa de paetês ou o blazer metalizado.

Vou sim… Mas agora preciso terminar a bagunça da noite, nem que seja ao menos pra abrir um espaço na cama e dormir.